Regresso à infância

Tatiana procurava a morada do jantar para o qual fora convidada pelo colega que ainda pouco conhecia, quando reparou que se encontrava próxima da casa de férias que os seus falecidos avós venderam havia 20 anos. Encontrou o portão verde que trepava na companhia das irmãs e quis entrar, mas ouviu passos demasiado apressados para serem inocentes e escondeu-se. Uma trintona com a roupa recentemente rasgada e ensanguentada passou a correr, em gritos de pavor.

Abandonou a curiosidade de rever a casa que a acolheu nos anos 80 e voltou a concentrar-se no jantar. Regressou ao volante e só parou na rua escura do restaurante escolhido. Retocou o baton e preparou-se para o jantar com o Fernando, que acabava de chegar. Cumprimentou-o e, antes de reparar no arranhão fresco que trazia no pescoço, viu-se amarrada na carrinha do recente colega, que a levava de regresso à casa de infância.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s